Merchandising no ponto de venda: veja as 6 melhores ações!

O que é o merchandising no pdv e quais ações utilizar

Você que acompanha nosso blog deve estar se perguntando, vamos falar novamente sobre visual merchandising? A resposta é sim, e compartilho com vocês o motivo de retornar a este tema.

A pandemia COVID-19 transformou o varejo. Observamos aeroportos suspendendo suas atividades, hotéis, bares e restaurantes reduzindo sua operação ou encerrando o negócio.

Recentemente em uma de nossas reuniões periódicas de apresentação de resultados e planejamento de ações de comunicação com um de nossos clientes de varejo, estávamos discutindo sobre o quanto tudo isso alterou o comportamento do consumidor.

A demanda por produtos de limpeza, ingredientes para preparação de refeições em casa, utensílios de cozinha, organização do lar, artigos para pets, jardinagem cresceu significativamente enquanto outras categorias como produtos de maquiagem e outros itens considerados não essenciais reduziram.

Face a este cenário é hora de repensar o merchandising visual de nosso PDV para atender às novas demandas de consumo e necessidades dos consumidores.

O que é merchandising no ponto de venda?

O que é merchandising no ponto de venda?

No artigo sobre visual merchandising apresentamos seu conceito, para que serve e exploramos as possibilidades de aplicação de técnicas de VM no seu ponto de venda.

Aprendemos que o Visual Merchandising tem como objetivo final criar uma experiência de compra singular para seus consumidores. 

Quando alcançamos este objetivo, nosso cliente experimenta o que temos de melhor a oferecer: ambiente, organização, qualidade dos produtos e serviço, além de um atendimento de excelência.

Dessa forma, fidelizamos o cliente e fazemos dele um embaixador da marca que, além de voltar a consumir em nossa loja, irá recomendá-la para amigos e familiares.

Qual a importância do merchandising no ponto de venda?

Vivemos um momento em que as pessoas se veem obrigadas a reduzir suas saídas ao mínimo, para preservação da própria saúde e de todas a sua volta.

Esta experiência voltou nossa atenção para cuidados e o desenvolvimento de hábitos que até então nunca havia sido pensado.

É fato que muitos destes hábitos e costumes estarão presentes em nossas vidas mesmo após o período pós pandemia.

O Visual Merchandising mais uma vez pode ser um grande aliado para trazer conforto e segurança para seus clientes durante a sua estada no seu ponto de venda.

merchandising no pdv: qual é a sua importância para o varejo físico?

Experiência de compra

Quando pensamos na experiência de compra dos nossos clientes agora onde tudo está diferente, é necessário repensar as ações de visual merchandising PDV, proporcionando uma experiência singular aos nossos clientes..

Utilizar seu sistema de sinalização digital para comunicar os consumidores  quanto às medidas de higiene aplicadas no seu estabelecimento, transmite conforto, segurança e compromisso com a saúde de seus clientes.

Nossa equipe de jornalismo e criação produziu alguns materiais digitais sobre o tema, veja:

Caso queira utilizar este e outros conteúdos em seu estabelecimento, é só entrar em contato com a gente que enviamos para você. E não se preocupe, é sem custo!

Outro ponto importante é o treinamento e capacitação dos colaboradores que mantêm algum tipo de interatividade com seus clientes. 

Todos precisam conhecer os produtos, serviços, políticas de garantia e processos da empresa para que possam prestar informações precisas aos seus clientes durante o atendimento, transmitindo segurança e confiabilidade.

Visibilidade do negócio

É extremamente importante lembrar que a quarentena mudou o comportamento do consumidor não só no que se refere aos produtos consumidos, mas também onde consome.

O comportamento do consumidor é fortemente influenciado quando implementadas técnicas de visual merchandising corretamente no ponto de venda.

Vitrines bem produzidas, produtos dispostos de forma correta e uma boa jornada de compra, contribuem para o aumento do ticket médio.

E visual merchandising, o que é?

Sabemos serem técnicas aplicadas que compõem a experiência de compra do cliente. Eu gostaria de convidar a todos a pensar o que é VM em tempo de pandemia. 

Precisamos estar muito mais atentos aos detalhes que podem fazer com o que o cliente se sinta confortável para visitar e estar em seu PDV. Nunca antes a facilidade de estacionamento, limpeza, organização e disposição de produtos foram tão importantes. 

Precisamos considerar que com a mudança de comportamento o tempo de permanência nos locais foi reduzido.

Criar uma boa jornada de compra, corredores livres para o tráfego, repensar a disposição dos produtos na loja de acordo com as tendências de consumo, buscar novos mix de produtos e montar vitrines mais atraentes são itens de extrema atenção e importância, principalmente no contexto atual.

visual merchandising: o que é e exemplos de ações no pdv

Ações de merchandising para o ponto de venda

Diante do cenário de restart do varejo, precisamos ajustar nossas ações, aqui citamos alguns exemplos de como implementar corretamente o merchandising em seu estabelecimento de varejo:

1. Exposição de displays (Digital Signage)

A disposição dos displays de sinalização digital no PDV orienta e conduz o cliente durante a visita.

Ofertas, informações de horário de funcionamento, regras de distanciamento social, higiene e segurança, indicação de seções, todo este conteúdo deve ser aplicado em seus displays.

2. Cross-merchandising

Promover o cross entre os departamentos do PDV pode contribuir para a compra por impulso, assim como melhorar a experiência do consumidor. 

Existem diversas formas que podemos trabalhar. Não apenas apresentar aquela oferta de manteiga nos displays da padaria, mas também outros conteúdos de valor como receitas rápidas, dicas de alimentação saudável, dentre outros.

3. Marketing sensorial

Explorar os 5 sentidos dos nossos clientes durante sua visita é uma excelente estratégia e que contribui de forma significativa para a experiência de compra. 

Ambientes bem iluminados, uma playlist alinhada ao perfil do seu público; trabalhar o olfato desenvolvendo uma fragrância que represente sua marca.

É possível, até mesmo, ações em que você dispensa o aroma do produto no ambiente enquanto sua propaganda ou oferta é exibida nos displays espalhados pela loja. 

Já imaginou aquele cheirinho de café fresco no ambiente simultaneamente à exibição do anúncio dos produtos nos displays?

4. Video Wall

O vídeo wall é um recurso com grande potencial para comunicação e atração de clientes para o seu estabelecimento.

Agora vamos pensar em como aplicar o vídeo wall e aproveitar ao máximo suas vantagens.

Por exemplo, em um restaurante na praça de alimentação do shopping, o vídeo wall pode ser o elemento que irá influenciar a decisão do consumidor na escolha do restaurante. Ou, em vias de grande acesso seu uso na fachada tem como objetivo trazer o cliente que está em trânsito para dentro da loja. 

Para obter bons resultados não adianta investir apenas no equipamento adequado, mas também no conteúdo que será exibido

Afinal, esse é o motivo pelo qual instalamos o vídeo wall: transmitir a informação.

5. Amostras gratuitas

O comportamento e necessidades de consumo mudaram e, com isso, precisamos pensar em novos mix de produtos e promover suas vendas. 

Diante deste cenário, novos produtos precisam e devem ser inseridos no mix do seu PDV, distribua amostras aos seus clientes para que eles conheçam seus novos itens e os inclua em sua lista de compras.

6. Promoções

Promoções nas lojas físicas em dias especiais atraem os consumidores estimulando o consumo, seja pela compra por impulso ou por necessidade. Converse com seus fornecedores, crie alianças e elabore promoções que tenham como objetivo estimular a visita na loja física. 

PDV Digital: uso da tecnologia no varejo

Até aqui falamos sobre como criar uma experiência de compra incrível para nossos clientes aplicando técnicas de merchandising no ponto de venda. 

Tais como o uso de displays, experiências sensoriais, organização do PDV, treinamento das equipes que são os pontos de contato com os clientes, dentre outras ações.

O que torna o desafio muito maior, é a concorrência entre o varejo físico e on-line. Por isso, é fundamental proporcionar aos clientes uma experiência completa.

É fato que o comprador pode experimentar sensações no varejo físico que o digital nunca vai lhe proporcionar, mas não podemos pensar somente nesta direção. 

Assim como os hábitos de consumo mudaram, os hábitos de vida também. Solicitamos transporte por aplicativo, resolvemos nossas questões financeiras por aplicativos, nossa vida é digital e o PDV também precisa ser.

Ações simples podem tornar seu PDV mais inteligente e digital, veja algumas possibilidades:

  • Distribuir QR CODE no ambiente com informações sobre produtos, serviços, dicas e conteúdo para download;
  • Terminais de auto atendimento para compras integradas ao website, onde o cliente pode comprar no ambiente físico e receber em seu endereço;
  • Oferecer Wi-Fi durante as compras: além de ser um benefício também é possível monitorar a quantidade de pessoas que estão no ambiente, entregar ofertas e informações personalizadas;
  • Uso de câmeras para monitorar a temperatura corporal dos seus clientes, oferecendo assim maior segurança para todos;
  • Self checkout: agiliza a passagem nos caixas e elimina pontos de contato.

O objetivo deste post é de estimular a todos a reflexão sobre como podemos encontrar novos caminhos para seguir neste mundo novo.

Até o próximo!

Conheça a solução completa de sinalização digital interativa da WiPlay!

André Luiz Sabatini

Mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento e implantação de projetos de sinalização digital aplicados a Comunicação Interna, Varejo e Publicidade em empresas dos mais variados segmentos e porte.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *